terça-feira, 22 de julho de 2008

Voltei!!!!

Olás... saudades!!!
Tô meio nervosa pra escrever, logo vc's me entenderão porquê, enfim...

Esse post vai ser meio que "diário da luluzinha", mas é que o assunto que eu tenho é só o meu... tô sem tempo de "cuidar" da vida alheia... sacomé, neh?
Ah!!! Tô triste que a Dercy morreu... mas viveu 102 anos bem vividos, com saúde... E já que morrer é inevitável, que bom que pra ela foi assim... com rapidez, sem dor, sem lamúrias...

Pois bem, mudei de setor no meu trabalho, to ralando que nem doida, mas amando! Tudo novo, muita autonomia, dinâmica, agito, responsabilidades, enfim. Tenho dito aos meus novos colegas que eles me colocaram na beira de uma piscina cheia de jacarés, me empurraram e pronto... "toma que o filho é seu"... É por aí! hehehe... O fato é que estou trabalhando na minha área de formação e isso é muito gratificante. Dá uma sensação de que meu diploma não existe por acaso, que 4 anos (e meio, no meu caso) valeram a pena.

Aí, mal cheguei lá e saí de férias... já estavam programadas e eu não precisei mudar... aí assim que saí de férias peguei um trabalho extra, fui em médicos, dentista, fiquei de "caseira" na casa da minha irmã... e hoje consegui sentar na frente do micro pra escrever.

E voltando ao que eu disse lá em cima, de estar nervosa, é o seguinte...
Desde que comprei meu carro fiquei viciada, ou seja, há mais de 2 anos que eu vou na esquina de carro... faço tudo, tudo, tudo de carro... até passear com a cachorra, para desespero de quem lava o mesmo.
Aí hoje resolvi viver uma vida saudável e fazer coisas à pé... andando lerdamente, sem pressa, vendo as casas, os prédios, os carros, a rua... admirando jardins e bla bla bla...
Quando eu entrei no meu prédio, uma moça me chamou pedindo para falar comigo...
Tudo bem... achei que fosse pedido de informação, ou pedindo alguma coisa, sei lá... só sei que podia ser pedindo e não cobrando, pois não devo nada a ninguém... geralmente devo ao banco, mas esse não vem no portão da minha casa não! ehhehe
Aí vou montar o diálogozinho aqui...
- Pois não?!
- Vc que está ficando com o Flavio?
(olhei meio atônita, nunca tinha visto aquele ser e como ela podia saber o nome do meu namorado?)
- Olha... eu namoro com um Flavio há quase 4 anos!
- Não, não! Vc está ficando com o Flavio que mora na rua ali embaixo...
- Acho que vc está me confundindo, pois meu namorado não mora nesse bairro... ele mora do outro lado da cidade...
- Nem vem! Eu vi vc saindo do prédio dele... toma cuidado! Ele é traficante!
(fiquei assustada... pq eu vi essa menina conversando com uns mendigos que ficam na rua próxima daqui... mas eu simplesmente passei nessa rua, voltando da loja da minha irmã e não saí de prédio nenhum)
- Gente!!!! Eu estava perto da Av. X, não saí de prédio nenhum... vc tá doida?!
- Vc que tá doida! Tô aqui pra mandar vc tomar cuidado, pq ele é um drogado e traficante...
(nisso eu já estava ficando alterada)
- Menina! Vc tá doida da cabeça...
E bla bla bla... E não deu em nada... ela simplesmente não acreditou em mim e estava convicta de que eu tinha saído do tal prédio que eu não tenho a MÍNIMA idéia de qual seja...

AFFFFFFFFF.... Tô morrendo de medo, neh???? Tô sendo confundida com namorada de traficante e correndo o risco de apanhar na rua...
É sério! Tô com medo mesmo!
Tô arrependida de não ter arrastado essa menina pra delegacia, que fica em frente ao meu prédio, e dado uma queixa, sei lá...
E pior!!! O cara tem o nome do meu namorado... VAI ENTENDER!

Mas é isso!
Fim do diário de hoje!!!
Agora voltei... e rezem por mim! =)

Um comentário:

Lulu on the Sky® disse...

Tem coisas que acontecem q não existe uma explicação mesmo.
Big Beijos

 
eXTReMe Tracker